Serviço Social no contexto hospitalar,impasses e desafios.



O serviço social no âmbito hospitalar foi uma das experiências profissionais no decorrer da minha atuação profissional. A inserção do assistente social apresenta diversas discussões no agravamento da questão social nas últimas décadas e suas manifestações na área da saúde bem como o lócus privilegiado de ação do assistente social na área de saúde procurando evidenciar como se efetiva o “fazer profissional” e a responsabilidade do assistente social para garantir e ampliar direitos nessa estrutura.
Os determinantes sociais, econômicos, políticos e culturais que interferem no processo saúde-doença demonstram que as condições de saúde do povo brasileiro, são precárias e criam grandes demandas de atenção à saúde.
Assim, todas as seqüelas oriundas das más condições de vida decorrentes da falta ou da precariedade de trabalho, renda, moradia, alimentação, educação, informação, água, saneamento básico, entre outros, criam grandes contingentes de pessoas miseráveis, famintas, empobrecidas, desinformadas e doentes, que buscam os serviços de saúde trazendo consigo todas as necessidades advindas de um sistema que explora, espolia e abandona cotidianamente seus trabalhadores.
Essas e outras questões geram demandas que, muitas vezes, extrapolam as ações presumíveis no setor saúde. Isto significa dizer, que uma população cada vez mais pauperizada acorre aos serviços públicos de saúde juntamente com camadas médias da população, impossibilitadas de ter acesso à medicina privada em função da defasagem sofrida em seus rendimentos nos últimos anos.
Essas manifestações da questão social fazem parte do cotidiano dos serviços de saúde em geral, traduzindo-se em demandas que muitas vezes não conseguem ser viabilizadas, seja por deficiência do serviço em nível local, seja por deficiência do sistema de saúde como um todo.
Em outras palavras, o sistema público de saúde no que se refere às esferas estadual e municipal - nível da atenção primária e secundária há muito não vêm dando conta das demandas que são postas pela população usuária dos serviços, aos quais transferem para os setores terciários o atendimento que deveria ser viabilizado pelas demais esferas de atenção à saúde.
Nesse contexto, o fazer dos profissionais que atuam no setor saúde é permeado, cotidianamente, por impasses e dilemas que extrapolam o saber e o querer fazer e interferem na resolutividade do serviço prestado.
Nota-se que os assistentes sociais na saúde são legitimados, enquanto profissionais inseridos na divisão social e técnica do trabalho, para operacionalizar as demandas que refletem, em última análise, as expressões da questão social que se manifestam no cotidiano dos serviços públicos de saúde.
Demandas essas que extrapolam as questões referentes às doenças e aos agravos, porque refletem as mazelas que o capitalismo produz e que se traduzem em necessidades de todas as ordens, seja em relação às pessoas que usam o sistema de saúde, seja em relação ao próprio sistema, que reflete em nível micro as questões societárias.
Essa vinculação, entre as demandas que são postas para o fazer do assistente social e as expressões da questão social, encontram sentido no fato dessas últimas se constituírem objeto de trabalho fundante da profissão, fornecendo elementos para a efetivação do exercício profissional do assistente social.
Esse exercício profissional se configura e reconfigura dentro de um espaço ocupacional, onde as expressões da questão social vão estar colocadas adquirindo concretude no miúdo do cotidiano do fazer profissional. A inserção do assistente social no espaço hospitalar, também se dá de forma subsidiária e dependente, principalmente à prática médica, não descartando, no entanto, a importância desse profissional na divisão do trabalho em saúde no que se refere às mediações entre o Hospital e o enfermo, sua família e a comunidade. É exatamente no processo de mediação que uma gama de situações se coloca para o cotidiano dos assistentes sociais, adquirindo concretude nas salas e corredores dos hospitais, através das queixas, dos sintomas, das necessidades, das demandas, que têm como pano de fundo as expressões da questão social de uma sociedade extremamente desigual.
O assistente social, enquanto partícipe da divisão social e técnica do trabalho, é um profissional especializado que está inserido no mercado de trabalho para realizar a prestação de serviços sociais, principalmente, através das políticas implementadas pelo Estado.
De acordo com Nicolau (1999,p.227),
O trabalho profissional está articulado à definição de um espaço social, em meio os quais diferentes ordens de informação apreendidas no processo de formação, na experiência do fazer profissional e na própria vivência do sujeito vão viabilizando, com suas sínteses, condições para interpretar e orientar as condutas humanas acerca do seu objeto. Trata-se, pois, de um espaço circunscrito socialmente, no qual essas sínteses vão canalizar orientar e apontar as necessidades de alianças, de negociação ou afastamentos, bem como a aceitação entre grupos. Essas relações sociais estão permeadas por questões das mais diversas ordens, quais sejam, estruturais, conjunturais, sociais, políticas, históricas e culturais e, em função da forma como são engendradas indicam as maneiras como os profissionais interferem na dinâmica de trabalho no interior desses espaços ocupacionais.
Em decorrência do modelo médico-curativo que ainda predomina no setor de saúde, a divisão social e técnica do trabalho nessa área aponta para a hegemonia da profissão médica em relação às demais profissões.
O Serviço Social, em particular, caracteriza-se por uma atuação subsidiária e auxiliar à prática médica e sua inserção nos hositais se encontra [...] profunda e particularmente enraizado na forma como a sociedade brasileira e os estabelecimentos empregadores [...] recortam e fragmentam as próprias necessidades do ser social e a partir desse processo como organizam seus objetivos institucionais que se voltam para a intervenção sobre essas necessidades ( ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO EM SERVIÇO SOCIAL, 1996, apud COSTA, 2000, p. 37).Isto significa dizer, que a inserção dos assistentes sociais está visceralmente vinculada às relações capitalistas da sociedade brasileira, cujas políticas de saúde têm sido, de forma crescente, alvo de cortes nos recursos financeiros que se refletem na atenção à saúde na chamada ponta da linha, bem como à forma como são organizados os processos de trabalho para responder as demandas que se colocam como objeto de atenção das unidades hospitalares. Em outras palavras, o assistente social é partícipe, como trabalhador coletivo, de uma grande equipe de trabalho e, nesse sentido, sua inserção faz parte de um conjunto de especialidades que são postas em movimento simultaneamente para efetivar os objetivos das instituições empregadoras, sejam elas públicas ou privadas ( IAMAMOTO, 1998,p.64).
Os profissionais de Serviço Social, enquanto partícipes dos processos de trabalho em saúde necessitam estar muito atentos para a necessidade permanente de vincular esses processos e sua ação profissional cotidiana, em particular, às questões micro e macro societárias, no sentido de compreender as limitações do fazer profissional em função das políticas públicas implementadas, resultante da opção política adotada pelos governantes, mas sem perder de vista, entretanto, a capacidade de questionar, refletir e socializar o que está posto, apontando sempre na perspectiva de garantir e ampliar direitos. Neste processo, é fundamental que os assistentes sociais tenham clareza das determinações sociais, históricas, econômicas, políticas e culturais das expressões da questão social na saúde e, conseqüentemente, das limitações da intervenção profissional nos processos relacionados ao binômio saúde-doença, uma vez que estes estão atrelados aos processos societários em nível macro.
Destarte,
Campos (1996) concluiu: que “a saúde não significa apenas ausência de doença, pois para se ter saúde é necessário ter prioritariamente condições econômicas, ambientais, habitacionais e educacionais”. Mediante o que descrevo, a relevância de se incorporar os profissional de Serviço Social no corpo técnico hospitalar, ator social são munidos de seus conhecimentos científicos que podem catalisar o processo de compreensão do adoecimento e consequentemente contribuir para o restabelecimento da saúde e qualidade de vida do então paciente as intervenções destes profissionais podem anteceder o processo de adoecimento visto que os mesmos podem trabalhar junto à prevenção primária, uma vez que grande parte da população não apresenta os requisitos para se ter uma boa saúde.
Ressalto que os interessados em obter maiores informações frente às atribuições do Assistente Social no âmbito hospitalar, projetos de intervenções, podem obter através da postagem de sua mensagem no blog, assim responderei brevemente.









57 comentários:

Ponto de Equilíbrio disse...

Debater sobre a inserção de outros profissionais dentro do âmbito hospitalar é um tema de grande referência, principalmente pela visão sistêmica de ser humano defendido pelas ciências humanas, ou seja, devemos ampliar o modo como compreendemos o adoecimento. Este deve ser analisado com base na esfera biopsicossocial.
Parabéns pela iniciativa e por apresentar novos campos de atuação para os profissionais do Serviço Social.

Maria disse...

Muito bonita a apresentação. O conteúdo ainda não tive tempo de lê-lo todo, mas pelo que pude ver, está ótimo. Gostaria de trocar experiências com você, inclusive temos algo em comum, sou natural de Caratinga! Pelo visto a faculdade de Serviço Social de lá tem formado ótimas profissionais! A apresentação está impecável, isto é muito bom, dá vontade de ler!!! Abraços. Maria Clara Fernandes Curi
maria.fernandes@hemominas.mg.gov.br
3280-7408

Paula Barcelos disse...

Olá!
Foi um presente encontrar esse endereço!
Uma delícia de site, suas experiencias, o conteúdo dinâmico, tudo tão lindo em sua vida!
Sou estudante de Serviço Social e quando eu crescer quero ser assim, igual a você! RS!
Um forte abraço!
Paula Barcelos

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Que bom você gostou!!! como é bom receber elogios,rs!Fiquei muito feliz! Espero poder sempre contar com a sua formação profissional, sendo esse meu o objetivo do blog, contribuir para a formação profissional dos assistentes sociais e me coloco a disposição para eventuais esclarecimentos!forte abraço!Ah, você também pode se tornar seguidora do meu blog . E você tem o seu? para que eu possa se tornar seguidora? bjos!

Suzelle disse...

Oi Amatuze, fiquei muito feliz em ter encontrado esse endereço, é excelente!!! parabéns.
Sou recém formada e já estou trabalhando no hospital da minha cidade, esta sendo maravilhoso e desafiador, gostaria muito de saber mais sobre as atribuições do serviço social no âmbito hospitalar e projetos de intervenções.
um abraço.

Angelita disse...

Olá, sou récem formada, e gostaria muito que você me ajudasse a esclarecer algumas duvidas em relação ao trabalho do Assistente Social na área da saúde, visto que quero muito seguir este ramo.Vo´^e poderia me ajudar a diferenciar como seia o nosso trabalho no hospital público p o hospital particular!!
Atenciosamente...Angelita

pensandoemfamilia disse...

Olá
Passei paaara lhe desejar Feliz 2011, sucesso em sua profissão . Foi bom tê-la participando do meu espaço. Você é bem vinda. Volte sempre.
bjs

Anônimo disse...

Olá, eu sou estudante do curso de serviço social 1º semestre e costaria que vc me esclarecesse como o assistente social atua com os outros profissionais da area de saude

monique disse...

Oi Amatuza!
Me chamo Monique Carolo é sou assistente social. Gostei muito do seu texto porem eu tenho muitas duvidas sobre o processo de trabalho do assistente social na area hospitalar,como esse cotidiano dia dia.
Vo~ce pode indicar algum material para leitura ou me enviar algo por email monique.carolo@gmail.com.

Anônimo disse...

Olá Amatuze.
Gostaria que tirasse uma dúvida minha a respeito do serviço social no âmbito hospitalar particular(expressoes da questao social, interface das expressoes da questao social com a politica setorial e a articulaçao das dimensoes etico-politica,teorico-metodologica,tecno-operativa da atuaçao do assistente social no hospital particular).
Desde já agradeço sua atençao
se puder respoda meu e-mail:mitsumartins@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá colega, parabéns pelo texto.

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Prezado(a):(mitsumartins@hotmail.com)boa noite, tudo bem? na verdade não é uma dúvida, são várias,rs! Obrigada por acessar o blog. Bem, primeriamente, gostaria de saber se você atua na área hospitalar, se já é formada e quanto tempo? É preciso que você especifique melhor sua dúvida, pois falar sobre as dimensões técnico-ético, teórico-metodológico e operativo do Assistente Social no contexto hospitalar possui uma gama de reflexões. Como por exemplo para definir as expressões da questão social você precisa especificar melhor sua demanda de atuação, qual seu público alvo sei que a "grosso modo" são os pacientes. Todavia, é preciso você me remeter a informação do seu público alvo, pois talvez o trabalho do Assistente Social a qual você se refere ou labora talvez possa ser burocrático, tendo outro foco de atuação e reflexões sobre a questão social em foco. Aguardo seu contato. Abraços.

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Boa noite, (anônimo)!obrigada pelos elogios! fique a vontade para expressar sua opiniões e sugestões!

valneir ferreira da cruz disse...

Obrigada por ter postado este blog, sou estudante de Serviço Social estou no 5 semestre faço estágio em um hospital, por favor me ajude mandando material para eu possa me aperfeiçoar e ser uma profissional assim como vc. me ajude a fazer um projeto de lazer para pacientes enternados que sirva para varias faixas etarias e ambos sexos.
tambem material p eu estudar e enriquecer neu estagio. valeu .
segue meu email ne_nai@hotmail.com

graziete nunes disse...

OI Amatuze andei dando uma olhadinha no seu blog amei muito,to fazendo seviço social estou no quarto periodo,a area que escolhir foi hospitalar o que voce pode me dizer sobre essa minha escolha? meu nome e graziete,se quizer me enviar alguma diga eu agradeceria meu email é zietenunessouza@bol.com.br serei muito grata graziete nunes.

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Olá graziete Nunes, tudo bem? obrigada por ter acessado meu blog. Bom respondendo sobre sua pergunta, rs, em relação a sua escolha em estar estagiando no contexto hospitalar, torna-me complicado definir para você esta sua decisão, mas confesso que se for supervisionado por um bom profissional você tende muito a aprimorar seus conhecimentos. Quanto a dica, vocÊ precisa especificar melhor o que você precisaria, ok? Desde já antecipo agradecimentos. Att.

ALINE HACKBART disse...

ola td bem, amei seu blog... estou no 4 semestre de servço social, vou fazer tcc sobre a importancia do assistente social no ambiente hospitalar, poderia me dar dicar, eu adoraria. abraço aline ackbart costa arroio grande RS

Anônimo disse...

Achei muito interessante seus comentários sobre esse espaço de trabalho para o Assistente Social, Estou estagiando em hospital, no setor de hemodiálise, e fiquei impressionada com tantas demandas ali naquele espaço.
Por isso, acho esse trabalho que você está fazendo aqui muito importante.

Anônimo disse...

Olá Amatuze, boa tarte, achei maravilhoso esse blog, você realmente é uma profissional impar, olha estou quase concluindo o curso de Serviço Social, e durante o decorrer do curso ví algumas situações bem desagradáveis, que não condiz com a profissão. Mas você está mostrando com essa interação que é realmente uma pessoa comprometida e acima de muito carismática e sensível, olha gostei muito desse espaço. Obrigada por isso, e pelo seu carinho com todos que participam do blog.
Mª Suelene

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Olá Ma Suelene, boa tarde, primeiramente obrigada pelos elogios. Fico feliz que estou contribuindo para a formação profissional de você e dos demais que acessam este espaço. O meu blog é justamente para trabalhar essas questões mesmo. E pensando bem eu gosto de socializar informações mesmo, informações essas que são as vezes de difícil acesso. Espero ter contribuído um pouco para sua formação e sempre que precisar estou a sua disposição. Obrigada.

ALINE HACKBART disse...

ola td bem, amei seu blog... estou no 4 semestre de servço social, vou fazer tcc sobre a importancia do assistente social no ambiente hospitalar, poderia me dar dicar, eu adoraria. abraço aline ackbart costa arroio grande RS POR FAVOR ME AJUDE, FIQUEI ADMIRADA DO SEU TRABALHO... alinecosta_192@hotmail.com

Maria Suelene da Silva disse...

Olá Amaturze, Como vai?
Estou no final do Estágio e estou desenvolvendo os Relatórios, o que você me sugere como leitura para fundamentar meus trabalhos, fiz o estágio no hospital no setor de hemodiálise.
Se tiver alguma coisa que possa me sugerir como suporte, por favor me diga ok?
Desde já agradeço
Um abraço.
Suelene

Anônimo disse...

O assistente social, enquanto partícipe da divisão social e técnica do trabalho, é um profissional especializado que está inserido no mercado de trabalho para realizar a prestação de serviços sociais, principalmente, através das políticas implementadas pelo Estado.
De acordo com Nicolau (1999,p.227),

Olá,adorei seu blog, mas me de uma ajuda, como vcê refletiria sobre o assistente social no hospital privado, uma vez que não existe possibilidade de ter como foco as politicas implementadas pelo Estado, se tratando de pessoas que são de "classe média alta"
Elaina Medeiros(rj)

Anônimo disse...

ASSISTENTE SOCIAL NO AMBIENTE HOSPITALAR... procuro topicos com as: dificulades,delimitações, problemas, soluções, acumulo de funções, tudo relacionado ao A.S , no ambiente Hospitalar, me indique livros, sites
adriana carla
adriannacarlla@yahoo.com.br

Anônimo disse...

oi!!! adorei seu blog, sou estudante de S.S, li a sua apresentacao adorei
vou fazer um trabalho relacionado ao ASSISTENTE SOCIAL NO AMBIENTE HOSPITALAR...procuro tópicos que me ajudem a escrever as dificuldades, delimitações, problemas, solucoes, acumulo de funcao, tudo relacionado ao A.S, no ambiente Hospitalar, por favor me indique livros, sites.
Adiana carla
adriannacarlla@yahoo.com.br
obrigada

Anônimo disse...

estou querendo fazer o curso de serviço social,mas confesso q tenho duvidas sobre em qual area atuar.

Anônimo disse...

Amatuze olá!!!
Não costumo escrever em blogs, mas eu estava procurando alguma coisa relacioando ao Seviço Social na area hospitalar e então te encontrei. Estou estagiando em um hospital filantrópico rerefencia no estado em transplante, e preciso fazer um projeto de interveção , mas todas as idéias que tive levariam muito tempo, tempo este que infelizmete não tenho mais. Estou apavorada, pode me ajudar? Se puder tbém me enviar livros ou sites pra me ajudar a fundamentar meus diários de campo. AH, e antes que me pergunte, não tenho demanda pioritária.
Espero que possa me ajudar, desde já gradeço.
E-MAIL: tatiana.venuti@hotmail.com

viviane duarte disse...

adorei o comentaro sobre ao serviço social na area hospitalar, sou formada em serviço social pela unopar .

ALINE HACKBART disse...

oi amatuze, POR FAVOR PRECISO DE AJUDA URGENTE, JA É O 3 RECADO QUE LHE MANDO ME ADD MSN ALINECOSTA_192@HOTMAIL.COM... MNHA TESE SERA SOBRE ASSISTENTE SOCIAL EM AMBIENTE HOSPITALAR, PODE ME AJUDAR POR FAVOR, QUERO ARTIDOS, LIVROS, AJUDA-ME.BJS

Ede Cella disse...

Parabens...fiquei afim de trocar ideias.abraços

Anônimo disse...

Ola Amatuze, tudo bem??

Estou prestes a finalizar o curso e pretendo atuar na área da saúde, no que pode me ajudar??

Grata,

Cléres

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Olá pessoal. desculpe por não ter respondido as perguntas anteriores.Estava com problemas na net e estudando muito para concurso. Prometo responder uma a uma. Abraços e obrigada pelos elogios...

Anônimo disse...

ola parabens pelo , trabalho que vc desenvolvel, na area da saude. sou assistente social.e pos graduada em gestao de politicas publicas.

Anônimo disse...

Olá, sou récem formada, e gostaria muito que você me ajudasse a esclarecer algumas duvidas em relação ao trabalho do Assistente Social na área da saúde, visto que estou com uma proposta de trabalho.Você poderia me ajudar a diferenciar como seia o nosso trabalho no hospital público p o hospital particular!!
Atenciosamente.

Anônimo disse...

Amatuze parabéns pela iniciativa. O texto está muito bom. Sou Assistente Social, mas ainda não tenho experiência na área de saúde. Gostaria que você explicasse quais as atribuições privativas do Assistente Social no âmbito hospitalar?

Obrigada,

Jade

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Obrigada Jade,você pode me passar seu email para esclarecimentos? beijos e obrigada pelos elogios.

Amatuze Siqueira - Assistente Social disse...

Peço que a recem formada que postou a mensagem acima, me envie um email para contato. abraços

Anônimo disse...

OI!!! gostaria de ajuda para fazer TCC sobre a informaçao do serviço social no hospital, voce pode me ajudar? eu agradeço,

Valneir

19/03/2012

Maria Suelene da Silva disse...

Olá Amatuze, boa noite!
Já faz algum tempo que não falo com você, olha não é por descaso não, é que a vida é bastante corrida e por isso não foi possível, mas quero dizer que sempre que posso vejo o blog.
Quero desejar a você e toda sua família uma feliz Páscoa e que o Papai do céu realize todos os seus desejos.
Um abraço fique em paz.
Maria Suelene da Silva
De Catalão - Goiás.

MSantos disse...

Olá Amatuze,bom dia!

Sou estudante de Serviço social, e assim como muitos aqui do blog, faço estágio em hospital também. O local de estágio é um hospital de Emergência, de uma cidade do interior do Ceará ( Cerca de 80 mil atendimentos/ano). Seria possível vc me ajudar com algum material ou sugestão para trabalhar/fundamentar meu projeto de intervenção? Ainda tenho muitas dúvidas em relação ao "agir profissional" no hospital, principalmente com as atribuições privativas do profissional.

MSantos disse...

Aqui está meu e-mail: marciopalhano@gmail.com

Neuza Leite disse...

Excelente investimento o tempo que dediquei à leitura de seu texto.
Parabéns colega!

Maria Suelene da Silva disse...

Olá Amatuze, boa tarde!

Parabéns pelo seu dia, 15/05, tudo de bom, que Deus te abençoe hoje e sempre.

Anônimo disse...

Olá!
Bom Dia!
Estou Fazendo o estágio do curso de Serviço Social no hospital,gostaria que falasse sobre sua visão em relaçãodo SS,dentro da instituição.

Anônimo disse...

Ola Amatuze Siqueira, tudo bem? eu terminei o curso de assistente social recentemente, e me convidaram pra trabalha na UPA, estou com um certo medo, por não ter esperiencia na area da saude, gostaria da sua orientação, o que realmente uma assistente social faz dentro desta unidade de saude, os lugares em que eu posso recorrer pra uma tranferencia de pacientes caso precise, em caso de obito, pessoas sem indentificação... enfim me ajuda, desde já eu agradeço. odenibrasil@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá Amatuze, boa noite!
Adorei seu blog, parabéns, serei sua seguidora.
Trabalho em um hospitalpara crianças e adolescentes, em plantão noturno e estou com dificuldades em implantar projetos de intervenção para esse horario.Preciso de sua ajuda, por favor me auxilie.
Roberta email robertabferraz@hotmail.com

ana disse...

Ana...
Boa noite Amatuze, gostei muito do que li. serei sua seguidora deste de já, mais também como você sou assistente social deste de março de 2011 e trabalho em um hospital privado em outra função que não é assistente social, e gostaria de saber como posso estar elaborado um projeto de intervenção para a inserção do assistente social neste hospital; pois o publico alvo é criança de 0 á 13 anos e pais estremamento estressados.

ana disse...

Ana...
Olhe cara colega como posso estar me inserido neste meio, me oriente ou mande dicas de matérias para que possa ser utilizado. Aqui vai o meu email:analina38@hotmail.com

Flavia Rocha disse...

Oi Amatuze,gostei muito do seu ponto de vista e das suas colocações.Estou estagiando em um hospital de doenças infecto-contagiosas onde atende crianças e adultos.Gostaria que voce me desse uma dica para o meu projeto de intervenção.
agradeço, e Parabéns!
Flávia Rocha,
20 de julho de 2012. 01:40
Maceió/AL

Anônimo disse...

Gostaria de saber augum autor que fale sobre visita hospitalar!!!ME AJUDARAR MUITO NO MEU DIARIO DE CAMPO!!!OBRIGADA!!!

Anônimo disse...

sou estudante de serviço social vou para o 7ºsemestre fiz meu segundo estagio no hospital e o publico alvo,pacientes em hemodialise,gostaria de fazer meu tcc em cima do meu campo de estagio.Preciso de sugestoes de um tema nesta area. Obrigada.

Anônimo disse...

olá Amatuze,sou estudante de serviço social,fiz o meu primeiro estagio em uma secretaria municipal de ação social amei o meu primeiro estagio,foi de fundamental importancia para a minha formação mas por alguns problemas terei que mudar de campo e talvez seja para um hospital porem eu ainda estou com muito receio por ter sido incorporado a pouco tempo o serviço social na instiruição e ainda há um pouco de divergencias dos outros profissionaisem relação ao serviço social,gostaria que vc mim ajudasse a entender qual a função do A.S no ambiente hospital.desde já agradeço a sua atençao milda_matos@hotmail.com

Fernanda disse...

Ola amiga!!!!! É Fernanda de Coroaci ,estou aqui admirada com vc ...Esta ótimo seu glog,muita informaçao, estou atuando na area da saude..NASF nucleo de apoio a saude, vc ja ouviu falar?Me mande seu email, o meu é fefe-rafa@hotmail.com.Estou esperando ,mil bjs!!!

Anônimo disse...

Boa noite Amatuze, sou recém formada e estou com algumas dúvidas em relação a atuação pois meu estágio foi um pouco conturbado, estou querendo já começar uma especialização para isso preciso definir a área gostei muito do seu blog e se possível trocar idéias e tirar dúvidas meu email é luacandida24@hotmail.com

Anônimo disse...

vejo que ainda existe muito que fazer nessa área, mas fica mais pior ainda no meu pais Moçambique em que o papel desses profissionais e que desconhecido ou por simplesmente ignorado.

Elson sodré disse...

BOM DIA,GOSTEI MUITO DOS SEUS COMENTARIOS SOBRE INTERVENÇÃO NO HOSPITAL GOSTARIA QUE VC ME MANDACEM POR EMAIL SE NÃO FOR ENCOMODAR TUDO QUE A SUA PESSOA TIVER SOBRE PROJETO DE INTERVENÇÃO EM UM HOSPITAL FICARIA MUITO AGRADECIDO PELA FORÇA,MUITO BOM TIREI MUITAS DÙVIDAS COM TUDO..PARABÈNS.

Elson sodré disse...

GOSTARIA DE PODER CONTAR COM SUA FORÇA DIANTE A MINHA CITUAÇÃO NO MEU CURSO DE SERVIÇO SOCIAL DO 6 SEMS POR FAVOR ME MANDE EX DE PROJETOS DE INTERVENÇÃO NO HOSPITAL,NA REALIDADE O QUE SE PASSA NO MUNDO DO ASISTENTE SOCIAL NO HOSPITAL,AGRADEÇO DE CORAÇÃO.

Postar um comentário